Buscar

Os produtos de "segunda mão" e o consumo consciente.

O consumo consciente vai além da compra de novos produtos. Essa nova forma de consumir vem trazer a consciência da importância da reutilização dos produtos, ou seja, olhar para os objetos de forma ampla, permitindo que eles sejam usados de diversas formas e não apenas especificamente para aquilo que haviam sido comprados em um primeiro momento.


Além disso, os produtos de "segunda mão" surgem como uma alternativa para o consumo desenfreado e o ano de 2020 impulsionou essa abertura de pensamento sobre a compra, a venda, a troca e a reutilização.


A moda, por exemplo,  é uma das indústrias mais poluentes do mundo.

E à medida que os problemas ambientais crescem, cresce também a consciência sobre a necessidade de consumir menos e reutilizar mais, preservando os recursos naturais do planeta. 


Para se ter uma ideia, a produção de um par de calças jeans consome, em média, 35 kg de CO2. A confecção de uma camiseta de algodão, por sua vez, gasta cerca de 2,5 mil litros de água. 

Os produtos de segunda mão são uma ótima forma de cuidar do meio ambiente e são produtos que vão desde roupas até móveis ou eletrônicos.

Além de escolher novos produtos livres de plástico (lembrando que isopor também é plástico), reduzir o consumo de derivados animais, trocar o carro pelo transporte público ou a bicicleta que está jogada em algum canto da garagem, REUTILIZAR, é a palavra e a ação do momento.


Abra sua mente, pense no todo, pois somos parte de um mundo enorme e nossas escolhas têm consequências.


Isso me faz lembrar do conceito cadeia produtiva, ou seja, quando você compra um produto deve pensar no passo-a-passo para ele chegar até você. Vou dar um exemplo:


Você compra laranja em um supermercado ou em uma feira?


Quando você compra no supermercado, a probabilidade dessa laranja ter vindo de longe é maior, tendo então um maior gasto de gasolina. Se você optar por comprar de um produtor local, você estará comprando um produto que agride menos o meio ambiente e ajuda a população local a prosperar.

Podemos pensar também na produção de roupas, como citei anteriormente, pense em tudo o que é necessário de recursos para produzir uma única peça.


As coisas vão além do que os nossos olhos podem ver e uma atitude positiva reverbera na imensidão, é como plantar uma árvore nativa, você planta hoje e espera 50 anos para vê-la enorme. 


Pense além, seja sustentável, sinta o mundo na sua volta!


Eu sou Luisa Magnus

Especialista em terapia integrativas complementares

@luisamholistica


5 visualizações0 comentário