Buscar

Manifestação no Thetahealing: cocriando nossa própria realidade

A manifestação no Thetahealing nada mais é que a realização de nossos sonhos. É, também, ter ciência de que somos partículas do Divino, que tudo criou. Por isso somos, também, seres criadores de nossa realidade.


Entretanto, manifestar vai muito além de desejar fortemente que algo aconteça. Precisamos ter clareza sobre o que queremos e estarmos alinhados com a nossa verdade. E, mais que isso, acreditarmos em nosso poder de ação.


Já parou para pensar como tudo isso é possível? Quer entender melhor os sabotadores que te impedem de manifestar a vida que deseja? É o que você confere neste artigo!



O que é manifestação no ThetaHealing?


Manifestar é o mesmo que materializar as criações da mente. Contudo, precisamos estar conscientes de que manifestamos todo o tempo, de forma consciente e inconsciente.


Você sabia que algumas vezes manifestamos até mesmo aquilo que não desejamos? Continue a leitura, pois falaremos sobre isso mais adiante.



O que é possível manifestar por meio do ThetaHealing?

Neste momento, você deve estar se perguntando: mas o que eu posso, de fato, manifestar em minha vida?

Bom, a resposta mais simples para esta pergunta é: você pode manifestar tudo que deseja.

Veja alguns exemplos:

  • saúde, cura para alguma doença

  • abundância, prosperidade

  • dinheiro, segurança financeira

  • bens materiais (casa, carro etc.)

  • trabalho (um novo emprego, um novo consultório etc.)

  • alma gêmea

  • guia espiritual para orientação em um momento específico da vida

  • maternidade

  • viagens

  • mudança de cidade, país

Antes de tudo, porém, é preciso saber o que realmente se quer e avaliar se esse desejo atende a um propósito e está alinhado à sua essência.

Muitas vezes nos pegamos tentando atender a um desejo do ego, e não de nosso eu superior. Cobiçamos algo que alguém conquistou em busca de status e reconhecimento. Queremos ter um determinado carro, emprego ou padrão de vida somente porque a sociedade determinou que assim deve ser.

Ah, Luisa, mas todo mundo gostaria de ter um bom emprego, um bom carro, dinheiro… Sim, mas e você? Vamos exemplificar? Sentiria-se plena e confortável ao conquistar um determinado trabalho que te oferece segurança financeira, mas te aprisiona e te sobrecarrega? Quais seriam as consequências, em sua vida, de ter muito dinheiro? Você sente que já está pronta para essas transformações?

Indo um pouco mais além: quais são os sentimentos que você deseja alcançar ao conquistar cada um destes sonhos? De quem são estes sonhos? Será que são realmente seus?



Como fazer uma lista de manifestação?


A lista de manifestação é uma relação dos sonhos que você deseja manifestar. É uma forma de enviar sinais para o Universo, Deus, o Criador (ou o nome que fizer mais sentido para você) sobre o que deseja conquistar em sua vida.


Mas por que devemos fazer uma lista? A ideia é ocupar nosso cérebro com uma série de desejos e necessidades. Desta forma, ele tem bastante o que fazer, não sobrando tempo para materializar aquilo que não queremos, ainda que de forma inconsciente.


Isso evita, ainda, que ele gaste energia, por muito tempo, ocupando-se de realizar apenas um de seus desejos. Afinal, há uma lista a ser cumprida!


Uma proposta interessante é que você mantenha um caderno de manifestação. Dedique cada página para um de seus sonhos. Para exemplificar como fazer um caderno de manifestação, uma dica é seguir o seguinte roteiro:


Liste

Enumere, pelo menos, dez coisas que deseja manifestar.

Detalhe

Seja específica e objetiva! Cada um desses itens deve ser descrito com o máximo de detalhes possível. Uma coisa é manifestar um novo emprego (que pode ser qualquer trabalho). Outra coisa é manifestar que você deseja se tornar terapeuta, recebendo um salário determinado, atendendo pessoas de um perfil específico, na cidade X. Percebe a diferença?

Sinta

Coloque no papel a sensação de como é ter aquilo na sua vida e seja grata por isso! Assim, você vibra na abundância, e não na escassez. Descreva como você se sente, mentalizando que aquilo já é uma realidade. Como é ter o novo emprego hoje? E daqui um ano? Você ainda está realizada?


Focar não apenas no sonho, mas também nas sensações que essa transformação desperta em você, tem um por quê. Isso faz com que seja mais fácil perceber se aquilo que deseja está realmente conectado com seu eu superior. O que é bom para o outro, nem sempre é bom para você!


Theta

A manifestação deve ser realizada, preferencialmente, com a mente em Theta, seja por meio de meditações ou em uma sessão de Thetahealing. A técnica também é ensinada em meus cursos! O importante é acessar o nosso subconsciente, que nos mostra aquilo que de fato estamos prontos para manifestar.



Todos nós somos capazes de manifestar?


Sim, todos os seres humanos têm o potencial de manifestar. Afinal, todos somos cocriadores de nossa realidade e fazemos isso todo o tempo, de forma consciente, ou não.


Há, ainda, um detalhe extremamente importante: só é possível manifestar para nós mesmos. Não é possível fazer uma manifestação no Thetahealing para uma outra pessoa, mesmo que, ao seu ver, seja para o bem dela. Nem mesmo a cura de uma doença, por exemplo.


No entanto, há certos bloqueios que nos impedem de manifestar nossos próprios sonhos. É o que veremos a seguir.



Por que não consigo manisfestar o que tanto desejo?


Você já teve a sensação de que algumas pessoas conseguem manifestar, e você não? Isso pode ocorrer por algumas razões. Vamos entender melhor a razão pela qual isso acontece?


Bloqueios que nos impedem de manifestar

Crenças comuns que impedem a manifestação no Thetahealing é a de não merecimento ou de escassez. Pensar que a abundância não está disponível para todos, ou acreditar que ao pedir para si, vai retirar de alguém, não permite que a mente esteja livre para trabalhar a seu favor.

Por isso, lembre-se: a abundância está disponível para todos e é este o desejo do Criador!

Da mesma forma, sentimentos como medo e ressentimento afetam nossa frequência vibracional e, consequentemente, nossa energia. Com a energia drenada, não sobra muito para que seja possível criar o que quer que seja, não é mesmo?

Nesse sentido, antes que qualquer coisa, é preciso trabalhar essas crenças, escavar as que nem imaginamos possuir e nos libertar de todos esses bloqueios. Talvez este seja um dos passos mais importantes para quem deseja manifestar a vida que deseja, sabia?



Manifestando o que não quero


Ainda sobre nossas crenças, é importante termos em mente que nossas ações resultam de nossos pensamentos. E é bastante comum agirmos de forma automática como resposta às nossas crenças, repetindo padrões genéticos ou mesmo ancestrais.


Também é bastante comum falarmos aquilo que não queremos para nós, em vez de dizermos o que queremos de fato. Esta é mais uma forma de vibrarmos na escassez, e não na abundância. Portanto, prefira “eu quero a quantia X de dinheiro, para fazer determinada coisa” a “eu não quero ficar sem dinheiro”. Que tal focar no que você tem, e não naquilo que te falta?


Lembre-se: ocupe seu cérebro com aquilo que deseja, evitando que ele gaste energia atraindo aquilo que você não quer manifestar!


Será que eu tenho clareza sobre aquilo que quero manifestar?


Aqui, reforço o que já dissemos neste artigo. Mais importante que manifestar, é saber exatamente o se quer, o por quê e como você se sente sobre isso.


É por isso que em uma sessão de Thetahealing procuramos fazer com que a interagente detalhe o máximo possível seu desejo. Na sequência, pedimos que ela se coloque no contexto desejado e perceba quais são as sensações por trás daquela conquista. Não se sentiu leve e realizada? Talvez aquilo não esteja alinhado com sua verdade!



Venha manifestar uma nova realidade!


Se você sente que é chegado o momento de expandir seu conhecimento sobre o ser criador que você é, o Thetahealing pode ser um caminho!


Em um curso de Thetahealing, você será capaz de aprender, em profundidade, as técnicas necessárias para manifestar a vida que deseja para si. Poderá, também, iluminar o caminho de outras pessoas, mostrando a elas que também são cocriadoras de sua realidade.


Quer saber mais sobre nossas formações? Confira mais detalhes em nosso blog ou acompanhe-nos em nossas redes sociais!

41 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo